Mais do que você gosta.

Publicidade

Controvérsia

Matilda: Atriz causa polêmica ao usar “traje gordo” para filme da Netflix

Imagens do musical levantaram debate interessante nas redes sociais

Publicado por Alexandre Guglielmelli

23/06/2022 19:00

Recentemente, a Netflix lançou o primeiro trailer do musical Matilda, uma das estreias mais aguardadas de 2022. A adaptação cinematográfica da peça traz Emma Thompson como a vilã Sra. Trunchbull. Com a divulgação da prévia, o visual da atriz levantou um interessante debate sobre os “trajes gordos”.

Matilda: O Musical é uma reinvenção moderna do clássico filme de 1996. Além de incorporar a trama de Roald Dahl, o longa inclui elementos do musical de Tim Minchin, que fez o maior sucesso na Europa em meados de 2011.

Continua depois da publicidade

Além de Emma Thompson como Agatha Trunchbull, Matilda conta com Alisha Weir no papel titular. O elenco do longa traz também Lashana Lynch (Capitã Marvel), Stephen Graham (Peaky Blinders) e Andrea Riseborough (Oblivion).

Explicamos abaixo por que o visual de Emma Thompson em Matilda causou uma grande polêmica nas redes sociais; confira.

Caracterização de vilã em Matilda causa controvérsia na Netflix

Para interpretar a antagonista Agatha Trunchbull em Matilda, a atriz britânica Emma Thompson utiliza um “traje gordo”.

Esse tipo de vestimenta – fat suit em sua expressão original – serve para modificar o corpo de atores, dando a eles uma camada extra de “gordura”, representada normalmente por espuma. Dessa forma, artistas magros e esbeltos podem interpretar personagens mais cheinhos.

Os trajes em questão não são novidades em Hollywood. Porém, nos últimos anos, a utilização deles tem causado grande polêmica.

“Nós realmente precisamos de mais uma atriz magra em um traje gordo?”, questionou um editorial do jornal britânico Metro.

Essa questão está no centro da polêmica. Afinal, por que estúdios de cinema e plataformas de streaming preferem colocar atores magros em fat suits do que contratar artistas que correspondem à descrição corporal dos personagens?

“Ver atrizes magras em trajes gordos machuca. É um ato de gordofobia, que mostra que as mulheres plus-size precisam trabalhar muito mais duro para serem reconhecidas”, comentou a matéria.

O debate também se relaciona às poucas oportunidades que atores gordos recebem em Hollywood.

“Ignorar o talento de inúmeros atores da comunidade plus-size para favorecer pessoas mais magras é realmente degradante”, concluiu a matéria.

No filme original Matilda, lançado em 1996, a vilã Agatha Trunchbull foi interpretada por Pam Ferris. A atriz não utilizou um traje gordo para se caracterizar como a icônica personagem.

Outros internautas, no entanto, discordaram da controvérsia. Para eles, a escolha de Emma Thompson foi uma ótima decisão.

“Eu até concordo com o sentimento desse artigo. Porém, Trunchbull é o pior exemplo para provar esse ponto. Ela não é plus-size, mas sim uma esportista olímpica. Ela é grande, não gorda”, comentou um usuário do Twitter.

Mesmo assim, a opinião do artigo do Metro foi ecoada pelos comentários de inúmeras pessoas.

“Atriz gordas existem, e querem trabalhar”, comentou um internauta na postagem original.

Matilda: O Musical estreia na Netflix em dezembro de 2022. Veja abaixo o trailer.

Sobre o autor

Alexandre Guglielmelli

Alexandre Guglielmelli

Formado pela PUC Minas, sou especialista em filmes de terror, reality shows e cultura pop. Nas horas vagas, gosto de escrever e oferecer indicações de filmes e séries para os amigos.

Publicidade