Pokémon Go provoca paranoia no governo russo, que acusa game de espionagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde o anúncio de seu lançamento, o game Pokémon Go é notícia constante em todo o mundo. Tamanha febre está preocupando a Rússia, já que a imprensa internacional noticiou que alguns membros do governo estão demonstrando insatisfação e medo sobre os possíveis efeitos e intenções por trás do game, que sequer foi lançado no país.

Alguns funcionários do governo inclusive já fizeram lobby para que o jogo seja severamente monitorado e restrito. Enquanto isso, agências de notícias estão divulgando que qualquer pessoa que esteja jogando próxima a determinados pontos de referência e áreas religiosas serão presas. Isso sem mencionar a paranoia que assusta o governo russo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Franz Klintsevich, um dos membros do parlamento do país, afirmou: “Há um sentimento de que o diabo chegou por meio desse game e está simplesmente tentando nos destruir espiritualmente, por dentro”. Acatando essas observações radicais, o governo decidiu que a instituição russa responsável pelos Direitos do Consumidor ficará com a missão de investigar se Pokémon Go pode afetar os usuários psicologicamente.

O Ministro da Comunicação Nikolai Nikiforov também está preocupado com os efeitos de Pokémon Go. Em entrevista ao jornal Moscow Times, o oficial disse acreditar que os serviços de inteligência dos Estados Unidos usarão o game para coletar informações de jogadores vulneráveis. E o líder do Partido Comunista Russo, Denis Voronenkov, acredita que a CIA, junto com a Niantic, empresa responsável por Pokémon Go, desenvolveu o jogo para que a agência possa investigar os cidadãos russos.

Mesmo com todo o alvoroço político, nada disso impediu que o download do Pokémon Go fosse realizado na Rússia. Enquanto não há um anúncio oficial sobre o lançamento, os jogadores estão encontrando novas formas de obter o aplicativo. Alguns mudaram a localização nas configurações do celular para os países que já possuem o jogo, enquanto outros buscam por versões alternativas que já possuem desbloqueio regional.

A demora da chegada do game também está deixando os brasileiros nervosos. Tanto que o Twitter do CEO da Niantic chegou a ser atacado por hackers, em forma de protesto, e até os atletas olímpicos reclamaram da ausência de Pokémon Go na Olimpíada – veja aqui.

Os 15 perigos da vida real de Pokémon Go

Veja 10 notícias bizarras e impressionantes sobre o jogo

Em Pokémon Go, os jogadores assumem o papel de um treinador e precisam viajar para diversos pontos próximos de onde você mora – ou aonde está visitando – para capturar pokémons e encontrar ginásios para combates.

Nele, os jogadores poderão capturar, treinar e lutar com pokémons no mundo real através de informações de localização geográfica e da câmera dos dispositivos móveis.

Os mais engraçados memes do jogo

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio