10 famosos que perderam parentes em incidentes violentos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um problema sério no mundo todo, mas especialmente nos EUA, a violência com armas de fogo causa milhares de mortes ao redor do mundo todos os anos, e esse fenômeno mórbido consegue alcançar até as camadas mais privilegiadas da população.

As maiores perdas de 2017: Famosos que se foram nesse ano

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como exemplo, separamos 10 famosos que, infelizmente, perderam parentes em incidentes violentos. Confira suas histórias:

RIHANNA | A cantora enfrentou uma tragédia no dia de Natal de 2017, pouco depois de retornar para a ilha de Barbados passar o feriado com a família. Tavon Alleyne, primo de Rihanna, foi morto a tiros enquanto andava pelas ruas do bairro onde sua família mora. “Não acredito que ontem foi a última vez que eu pude te abraçar!”, se lamentou Rihanna no Instagram.

JENNIFER HUDSON | A cantora e atriz, vencedora do Oscar por Dreamgirls, perdeu o irmão, a mãe e um primo de sete anos de idade quando o cunhado, William Balfour, cometeu um ato de violência horrendo contra eles. Em 2008, Balfour assassinou os três membros da família de Hudson por ciúmes – sua então ex-mulher, Julia, estava começando a namorar outro homem.

SOFÍA VERGARA | A estrela de Modern Family sofreu um trauma em 1996, muito antes de alcançar a fama, quando o seu irmão Rafael Vergara foi morto a tiros na Colômbia. “Nós éramos de uma família bem-sucedida, então sempre éramos alvo para crimes. Rafael sempre saía com guarda costas, mas nesse dia não havia ninguém com ele”, conta a atriz hoje em dia.

NICKI MINAJ | O ano de 2011 foi ótimo para a carreira de Nicki Minaj, mas foi enquanto fazia turnê que a rapper ficou sabendo da morte do primo, Nicholas Telemaque, vítima de um ataque violento em que foi baleado em Nova York. Telemaque voltava da academia quando foi abordado por um assaltante, e a situação rapidamente se degradou a partir daí.

DYLAN MCDERMOTT | O astro de American Horror Story perdeu a mãe para um incidente violento quando tinha apenas cinco anos de idade. A morte de Diane McDermott foi inicialmente considerada suicídio, mas a polícia mais tarde encontrou novas provas que incriminavam o namorado da moça na época, John Sponza.

MICHAEL JORDAN | O rei do basquete perdeu o pai em 1993. James Jordan estava andando com seu carro por Lumberton (EUA) quando decidiu parar para descansar. Vendo o carro e reconhecendo-o, pela placa, como um dos veículos de Michael Jordan, dois assaltantes abordaram e mataram James antes de roubarem o carro.

CHARLIZE THERON | Em 1991, quando tinha dezesseis anos, Theron testemunhou o assassinato em autodefesa de seu pai – pelas mãos de sua mãe. Gerda Theron usou uma arma para atirar no marido quando ele chegou bêbado em casa ameaçando matar as duas. O irmão de Theron, que também estava embriagado e apoiando as ameaças do pai, foi ferido por Gerda, mas não faleceu.

JANELLE MONÁE | A cantora e atriz americana perdeu a prima Natashe Hayes, que foi morta por uma bala perdida. Ela estava dormindo em seu quarto quando um confronto entre duas facções criminosas ali perto acabou irrompendo em violência, e Hayes foi atingida por uma bala perdida.

Ice Cube

ICE CUBE | O rapper e ator perdeu a irmã mais velha, Beverly Jean, quando tinha apenas doze anos de idade. Ela foi morta a tiros pelo então marido, no apartamento em que vivia com ele, apenas três quadras longe da casa da família. “Eu penso sobre ela o tempo todo. Penso na violência e nos eventos que causaram aquele incidente”, contou.

MARK RUFFALO | O Hulk dos filmes da Marvel sofreu uma tragédia em 2008, quando eu irmão, Scott, foi encontrado morto em seu apartamento com um tiro na cabeça, em incidente decretado como assassinato pela polícia. “Você nunca supera esse tipo de coisa, você só se acostuma com a perda”, confessou ele em entrevista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio