Nas temporadas anteriores, The Flash fez um excelente trabalho ao introduzir na série vilões clássicos das histórias em quadrinhos do herói da DC. Ainda que seja possível que o programa tenha subido de patamar com o Violinista entrando no Arrowverso, a CW ainda é capaz de trazer alguns novos vilões igualmente divertidos e loucos para futuras temporadas – Boneco de Pano é prova disso – assim como antagonistas mais sérios.

Arrow, The Flash, Supergirl e quando as séries de super-heróis voltam com inéditos

Separamos seis sugestões que adoraríamos ver causando problemas para a Família Flash em futuros episódios desta 5ª temporada:


Palhaço

Se o Batman tem Coringa, Flash tem Palhaço, ainda que comparar os dois seja um pouco injusto porque o vilão do Morcego é um psicopata cujas características coloridas são mais ou menos uma circunstância infeliz. Palhaço, é literalmente um palhaço de circo chamado Lyle Corley, que virou um vilão após sua família morrer tragicamente em um acidente. Corley culpa Flash e seu time pela tragédia e tenta matar a todos como vingança.

A história é uma mistura perfeita de comédia e tragédia que o diretor Kevin Smith saberia bem como retratar e sua trama de vingança poderia se encaixar muito bem com Cicada, vilão da 5ª temporada.

Charada

Quando o Arrowverso introduzir Gotham City através de Batwoman (Ruby Rose) ela não deve ser a única moradora da cidade a aparecer nas séries da CW, tendo uma grande chance de vilões do Batman entrarem para a história. Charada se encaixaria perfeitamente neste cenário, visto que o vilão passou perto de matar Barry Allen e acabar com Central City nos quadrinhos.

Trazer Charada para The Flash seria a desculpa perfeita para um crossover no futuro com Batwoman, e continuaria a tendência atual do programa de criar enredos intimidadores importantes para os vilões que não exigem apenas de Barry apenas sua velocidade para derrotá-los. Ainda daria a Cory Michael Smith a chance de viver mais uma vez o personagem depois de Gotham, o que deixaria muitos fãs contentes.

Godspeed

The Flash desgastou velocistas com arcos ruins nas primeiras três temporadas, e ainda que muitos tenham ficado felizes por terem deixado isso de lado na 4ª temporada, outros ainda esperam que o vilão Godspeed apareça no seriado. Infelizmente, uma das coisas que faz o personagem ser tão formidável é ele matar velocistas e levar suas habilidades, o que já vimos no segundo ano com Zoom.

Claro que a equipe criativa do programa consegue encontrar uma maneira de adicioná-lo à trama, nem que seja só para ver o uniforme branco e dourado que muitos consideram infinitamente mais bacanas do que o de Flash ou de qualquer outro velocista.

Azul-Cobalto

Assim como o próprio Barry Allen nos quadrinhos, muitos fãs não sabem que o protagonista tem um irmão gêmeo. Ao tentar encobrir a morte do bebê de outro casal, um médico bêbado pegou o irmão de Barry como substituto e mentiu para os Allens sobre o fato de um dos seus filhos terem nascido já sem vida. Esse outro casal era a abominável família Thawne, que criou Malcolm tão mal que o rapaz veio a culpar Barry por não ter tido uma vida melhor.

Ele canalizou seu ódio em um amuleto que garantiu a ele os poderes da chama azul. Cobalto-Azul é um vilão que os fãs clamam para ver na série da CW, ainda que essa possibilidade pode ser descartada depois de Savitar na 3ª temporada.

Erradicador

Talvez Erradicador tenha a habilidade metahumana mais intensa de The Flash, podendo matar pessoas com o seu simples “toque necrótico”. Na verdade, o personagem era “do bem” nos quadrinhos. Originalmente um senador chamado Creed Phillips, ele se transformou em Erradicador depois de ter sido sequestrado e deixado para morrer em uma área com irradiação de plutônio, o que deu a ele os seus poderes.

Ele também ganhou uma segunda personalidade maligna que nunca imaginou ter, transformando os seus poderes em algo bem perigoso para o mundo. Esse seria um arco interessante para ver em The Flash.

Coronel Computron

Coronel Computron tem uma história dramática potencial. Nos quadrinhos, ele é Basil Nurblin, um desenvolvedor de jogos descontente que depois de receber aumento de sua empresa para criar um massivo jogo de sucesso, inventa uma arma que envia as pessoas para seu game. Nurblin se veste como um personagem do jogo e tenta matar seu chefe, mas Flash leva o tiro em seu lugar e acaba preso dentro do game.

Imagina ver um episódio de The Flash com Barry Allen precisando completar o jogo para sobreviver. O personagem abriria um leque de oportunidades para o diretor escolher qual game de verdade inspiraria para colocar na série.

Arrow, The Flash e Supergirl | Tudo o que sabemos sobre o crossover de 2018

The Flash volta para a CW com sua 5ª temporada em 9 de outubro.