Publicidade

Halloween | 10 coisas para relembrar do filme original antes da sequência

Publicado por Lucas Nascimento

24/10/2018 00:00

Com o novo Halloween chegando aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (25), é importante relembrar alguns pontos de Halloween: A Noite do Terror, clássico de John Carpenter de 1978.

Não só por ser o primeiro filme a trazer o assassino Michael Myers nos cinemas, mas também porque o longa de David Gordon Green vai ignorar diversos eventos da franquia, concentrando-se apenas no original.

Confira:

O PRIMEIRO ASSASSINATO DE MICHAEL

No Halloween de 1963, somos levados à cidade de Haddonfield, onde o jovem Michael Myers assassina sua irmã mais velha, Judith, a facadas quando os dois estavam sozinhos em casa. Ele o fez usando uma fantasia de palhaço, sendo imediatamente detido após o assasinato, do qual não expressou emoção alguma.

Casa do filme Halloween

NUNCA DISSE UMA PALAVRA

Após matar sua irmã a sangue frio, o jovem Michael Myers jamais disse uma única palavra após sua prisão e internação em Smith’s Grove. Isso se manteve por 15 anos, e praticamente durante toda a franquia. Quando o novo Halloween começa, 40 anos após os eventos de 1978, Myers continua calado.

31 DE OUTUBRO DE 1978

A famosa “Noite em que Ele Voltou para casa” acontece no Halloween de 1978, quando Myers foge do hospital psiquiátrico e retorna para Haddonfield, onde busca o túmulo de sua irmã Judith e a casa onde cresceu. É a premissa básica do original, que termina com a morte de 3 amigos de Laurie Strode.

DR. SAMUEL LOOMIS

Uma das figuras mais importantes da franquia, e também do filme original, é o Dr. Samuel Loomis de Donald Pleasence. Ele foi o psiquiatra responsável por tratar de Michael durante sua internação, mas apenas chegou à conclusão de que o garoto não tinha transtornos ou distúrbios, sendo simplesmente a encarnação do mal em pessoa.

O KIT DE MICHAEL MYERS

Após fugir de Smith’s Grove, Myers ataca uma oficina de mecânica na estrada, roubando o macacão de um dos funcionários e até mesmo um dos carros. A visita termina em uma loja de fantasias, onde o assassino rouba a icônica máscara do Capitão Kirk, de Star Trek. A arma de escolha de Michael, como visto no prólogo de sua infância, é uma faca de açougueiro.

ASSASSINO DE BABÁS

A ideia original de John Carpenter para o primeiro Halloween era fazer um serial killer que só atacasse babás, o que explica porque a maioria das vítimas de Michael Myers no filme sejam justamente dessa categoria – Laurie, a sobrevivente, também está cuidando de crianças na fatídica noite.

LONNIE ELAMB

Durante o ataque de Michael Myers no Halloween de 1978, Laurie cuidava do pequeno Tommy Doyle, que é uma das crianças que é atormentada pelo valentão Lonnie Elamb. É importante se lembrar desse nome porque no filme de 2018, Cameron, o namorado da neta de Laurie, é filho de Lonnie, como revelado pelo diretor.

MICHAEL É INDESTRUTÍVEL

O que torna um slasher eficiente em seu trabalho, e na quantidade de continuações, é sua mortalidade desenvolvida. No primeiro filme, vemos que Michael sobrevive a diversas facadas e tiros, sendo uma força bruta praticamente indestrutível. Nos filmes seguintes descobrimos o motivo, mas não é relevante para o que o novo filme pretende mostrar.

MICHAEL MYERS FOI PRESO NO HALLOWEEN DE 1978

Como o novo filme de David Gordon Green vai ignorar as continuações, é bom lembrar que Myers é preso no final do filme de 1978, após quase matar Laurie Strode. Em Halloween II: O Pesadelo Continua, o assassino seguia cometendo mais mortes ao redor de Haddonfield, para depois ser incinerado em um hospital. Para o novo filme, isso nunca aconteceu, com Michael ficando preso por 40 anos.

LAURIE STRODE E MICHAEL NÃO SÃO IRMÃOS

Por falar em história sendo reescrita, o novo Halloween deixa claro que Laurie Strode e Michael Myers não são irmãos. Esse conceito foi introduzido em Halloween II, de forma a justificar porque Michael se deu ao trabalho de perseguir Laurie tão incansavelmente, mas é descartado no novo filme – que até menciona esse fato como “algo que as pessoas inventaram”.

Halloween | Diretor revela que personagem do novo filme quer usar em continuação

A nova iteração da franquia Halloween é ambientada 40 anos após o clássico de John Carpenter, trazendo Jamie Lee Curtis, Nick Castle, Judy Greer e Miles Robbins no elenco central.

David Gordon Green dirige o filme e escreve o roteiro ao lado do comediante Danny McBride, além de ter produção do renomado Jason Blum e trilha sonoral original de Carpenter.

Halloween estreia nos cinemas brasileiros em 25 de outubro.

Publicidade