Nos tempos em que vivemos, filmes de super-heróis e adaptações de quadrinhos são grandes peças da indústria do cinema blockbuster americano, sendo lançados anualmente.

Aqui, separamos todas as produções do gênero que serão lançadas em 2019, sejam elas da Marvel, DC ou outras propriedades.

Confira.


Os filmes de super-heróis de 2018: Do pior ao melhor

Vidro

Depois de Corpo Fechado e Fragmentado, M. Night Shyamalan finalmente vai completar sua ambiciosa trilogia sobre a desconstrução do super-herói, com Vidro prometendo algo ainda mais épico e interessante. O filme reúne Bruce Willis, Samuel L. Jackson e James McAvoy para o que promete ser um confronto memorável, tanto fisico quanto psicológico. Se tiver metade da qualidade de Corpo Fechado, estaremos diante de algo muito especial.

Capitã Marvel

A Marvel Studios desponta com o primeiro Blockbuster de heróis do ano, e justamente com a primeira heroína solo do estúdio, bem representada por Brie Larson no papel central. O filme levará o público aos anos 90 para uma história de origem de Carol Denvers contra os Skrulls, e chama a atenção por mergulhar em mais elementos cósmicos do Universo da Marvel nos cinemas, além de apresentar uma de sua personagens mais poderosas e interessantes.

Shazam!

Chegando ao outro Capitão Marvel, a DC aposta completamente no humor e na leveza para levar o Shazam! às telas, sendo seu primeiro lançamento desde o sucesso de Aquaman. O filme mostrará o jovem Billy Batson sendo escolhido para carregar os poderes do mago Shazam, sendo transformado no herói titular com as feições de Zachary Levi. Tem uma escala menor e um enfoque mais divertido, e que deve ser centrado na alegria de uma criança tendo super-poderes, algo que é bem raro em produções contemporâneas do gênero.

Hellboy

Reboot do anti-herói diabólico, o novo filme de Hellboy coloca David Harbour como o protagonista, que enfrentará a Rainha de Sangue de Milla Jovovich. O filme de Neil Marshall promete ser mais fiel aos quadrinhos de Mike Mignola, apresentando um Hellboy mais violento e perturbado. Fica a dúvida se poderá ser tão memorável quanto os dois filmes de Guillermo Del Toro.

Vingadores: Ultimato

Provavelmente o filme mais aguardado do ano por todos, Vingadores: Ultimato vai dar sequência aos eventos desastrosos de Guerra Infinita, que acabaram com o vilão Thanos literalmente dizimando metade da vida no universo. Pouco se sabe sobre o filme, mas a trama deve envolver viagem no tempo e trazer praticamente todos os heróis da editora até o momento, no que deve ser uma conclusão épica e que marcará uma nova era para a Marvel Studios nos cinemas. Mal podemos esperar.

BrightBurn

Produzido por James Gunn, BrightBurn é uma promissora subversão da história clássica do Superman, apresentando um casal de fazendeiros que adota uma criança alienígena que caiu em seu celeiro. Ao invés de crescer para salvar o mundo, a criança torna-se um sinistro vilão que passa a perseguir os humanos. Promete!

X-Men: Fênix Negra

Com a Disney comprando a Fox, a nova adaptação da Saga da Fênix Negra talvez seja o último filme dos X-Men lançado pelo estúdio. É a chance de ver uma boa despedida, com Simon Kinberg reunindo todo o elenco da nova geração para adaptar – agora de forma mais eficiente – uma das melhores histórias dos mutantes de todos os tempos.

Homem-Aranha: Longe de Casa

Primeiro filme da Fase 4 da Marvel Studios nos cinemas, voltaremos a acompanhar as aventuras solo do Homem-Aranha de Tom Holland. Dessa vez, o destaque fica para a ambientação da história, que levará a ação para a Europa, algo inédito para o herói nos cinemas. Além disso, Jake Gyllenhaal dará vida a Mysterio, um dos vilões mais icônicos do Homem-Aranha nos quadrinhos.

Os Novos Mutantes

Quando o primeiro trailer de Os Novos Mutantes foi revelado, literalmente parecia um dos filmes de super-heróis mais especiais já feitos, apostando no terror puro. Infelizmente, o derivado dos X-Men acabou adiado em mais de um ano, com uma série de regravações para alterar o tom e o ritmo do filme, que envolvem mutantes tentando fugir de uma instalação, ao passo em que descobrem seus poderes. Tem um bom elenco e uma proposta excelente, mas a Fox não dá notícias sobre o filme há quase um ano…

Coringa

Esse é provavelmente o filme de gênero mais arriscado do ano. Todd Phillips colocará Joaquin Phoenix para protagonizar uma história de origem do icônico vilão Coringa, cujo um dos atrativos sempre justamente o mistério em torno de sua aparição. Parece um filme mais isolado e com ambições artísticas, onde o diretor pretende analisar a origem da loucura e o que torna uma pessoa boa má, ambientando a trama na Nova York dos anos 80. É uma ideia ousada e um elenco de peso, podendo ser algo realmente diferente. Se vai funcionar ou não, a única garantia é que Phoenix vai arrebentar na pele do Palhaço do Crime.

Spawn | Diretor encontrou dificuldade em conseguir financiamento para o filme: “Tentando convencer Hollywood”