Depois de confirmar a bissexualidade da Mulher-Maravilha, o roteirista Greg Rucka, atualmente responsável pela revista em quadrinhos da heroína, comentou em entrevista ao io9 sobre as críticas à revelação.

Segundo ele, os fãs que rejeitam a ideia de Diana dormir com outras mulheres “simplesmente não entendem a personagem”. O escritor ainda mandou um recado para os haters: “Superem isso”.

Recentemente, Rucka explicou por que a Mulher-Maravilha é bissexual:


“Themyscira [terra natal da heroína] supostamente é um lugar como o Paraíso, certo? Onde essas mulheres podem ser felizes e prosperar, e parte disso é ter alguém como parceiro romântico. Na ilha, a única opção são mulheres. Não acho que as amazonas olhem entre si e decidam quem é lésbica e quem não é. Eu acho que Diana já se relacionou com uma mulher, porque se não ela deixaria a ilha apenas por um prospecto de relacionamento romântico com Steve Trevor, e eu não aceito isso”.

Mulher-Maravilha, o filme, já teve suas filmagens encerradas e agora está na fase de pós-produção. Estrelado por Gal Gadot, a adaptação da DC chega aos cinemas dia 23 de junho de 2017.

Gal Gadot, a Mulher-Maravilha, acorda com Batman na cama

Graphic Novels Mulher MaravilhaA coleção DC Graphic Novels da Mulher Maravilha está disponível, CLIQUE AQUI e garanta já o seu.