O Justiceiro | Showrunner defende violência na série: “Nós mostramos as consequências”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O showrunner Steve Lightfoot conversou com o Vulture sobre as polêmicas de sua recém-lançada série O Justiceiro, nova produção da Marvel/Netflix. A violência extrema que é intrínseca ao personagem, especialmente a perpetrada com armas de fogo, deve causar rebuliço dos EUA graças a onda de tiroteios em massa no país.

“É impossível fazer O Justiceiro sem que seja uma série violenta, mas a verdade é que buscamos não ser inconsequentes quando tratamos essa violência. Nós mostramos as consequências, não é algo bonito ou bacana. Isso tem um peso para Frank, a pessoa que pratica essa violência”, contou Lightfoot.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Nosso trabalho ao lado da Netflix e da Marvel foi muito próximo, nós conversamos o tempo todo sobre o que seria permitido ou não permitido. Em termos de nível de violência, a 2ª temporada de Demolidor foi nosso guia. Eu sabia, a partir dali, o quanto eles permitiram”, disse ainda.

Na série, vemos Jon Bernthal de volta ao papel do anti-herói, com Ebon Moss-Bachrach, Ben Barnes e Deborah Ann Woll no elenco. Confira nossa crítica.

Os episódios da primeira temporada de O Justiceiro já estão disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio