Roseanne | Empresa de streaming de ex-assessor de Donald Trump quer contratar estrela da série

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Parece que Roseanne Barr ainda tem opções para continuar seu trabalho como atriz. Uma dessas opções pode ser uma nova startup de streaming online chamada Bond. Seu diretor de marketing, Michael Caputo, ex-assessor de campanha de Trump, disse à Variety que a empresa está no processo de entrar em contato com a agora estrela da sitcom, na esperança de que ela assine o empreendimento.

É uma indicação de que Barr – que não só foi abandonada apenas pela ABC, mas por sua agência de talentos, a ICM Partners – terá algumas opções, embora não necessariamente na mídia tradicional. Para um novo empreendimento de mídia como Bond (relatado pela primeira vez pelo Daily Beast), até mesmo uma estrela em meio a controvérsias e condenações pode ajudar a atrair a atenção.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Roseanne | Revival da série não mencionará mais o nome de Donald Trump

Barr caracterizou Valerie Jarrett, que é afro-americana, como “uma mistura da Irmandade Muçulmana com Planeta dos Macacos”.

Desde então, Barr se desculpou no Twitter: “Eu peço desculpas a Valerie Jarrett e a todos os americanos. Eu realmente sinto muito por ter feito essa piada ruim sobre as políticas e o visual dela. Me perdoem, a piada foi de mau gosto”.

O chefe da ABC, Channing Dungey, liberou uma declaração junto com o anúncio do cancelamento: “As falas de Roseanne são repugnantes, aberrantes e inconsistente com os valores da ABC”.

Ao lado das nove temporada originais da série, exibidas entre 1988 e 1997, a próxima seria a 11ª temporada da sitcom.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio