Publicidade

Stranger Things | Chefe da Netflix fala sobre as acusações de abuso por parte de produtores da série

Publicado por Pedro Vieira

29/07/2018 20:56

Durante o Television Critics Association, Cindy Holland, vice-presidente da Netflix, falou sobre as acusações de abuso de poder em relação aos irmãos Duffer, criadores de Stranger Things.

No início do ano, os irmãos foram acusados por diversas mulheres da produção do programa de terem sido abusadas verbalmente pelos irmãos, o que teria criado um ambiente de trabalho pouco harmonioso para elas. Além disso, rumores começaram a surgir de que os produtores da série teriam obrigado a atriz Sadie Sink a realizar um beijo com o ator Caleb McLaughlin em um dos episódios finais da 2ª temporada do programa. A atriz revelou que estava nervoso com o beijo, pois ele não estava no roteiro.

No painel, Holland garantiu que as acusações foram ouvidas e que a Netflix tem feito de tudo para criar um ambiente de trabalho amigável para todos. “Nossa primeira prioridade é a de que todo mundo envolvido [na série] esteja seguro e feliz. Certamente os acontecimentos do passado nos trouxe uma consciência ainda maior das coisas que acontecem no set de filmagem” disse Holland.

Stranger Things | Trabalho de Steve e papel de filha de Ethan Hawke são revelados em novo vídeo da 3ª temporada

A terceira temporada da série já está em produção, e os produtores adiantaram que uma grande inspiração da trama será a trilogia De Volta Para o futuro. A história se passará no verão de 1985.

Em relação aos retornos de elenco, uma polêmica surgiu com o aumento de salário dado aos atores, que fará com que Millie Bobby Brown (a Eleven) ganhe bem mais do que seus companheiros infantis.

Stranger Things 3 ainda não tem uma data de estreia definida pela Netflix.

Publicidade