Um dos aspectos mais criticados da 1ª temporada de Punho de Ferro foi a coreografia fraca das cenas de ação. É algo importante para uma série de artes marciais, mas felizmente essa área promete evoluir na 2ª temporada.

“Nós evoluímos na ação. Nós trouxemos um coordenador de dublês incrível chamado Clayton Barber. E também, todo o nosso elenco se comprometeu muito. Eles testaram seus limites. Finn [Jones] foi pra um lugar onde ele tinha meses de tempo de folga da temporada para realmente aprimorar suas habilidades, e não só de luta, mas também como dublê; e isso foi uma experiência realmente poderosa”, diz o animado showrunner Raven Metzner ao Heroic Hollywood.

O protagonista Finn Jones também falou sobre essa melhora nas cenas de ação, complementando que todas elas estão conectadas à história e as emoções dos personagens.


“Em toda luta dessa temporada, todas elas têm um motivo. Há um gatilho emocional. Elas estão conduzindo a história para frente. Não há lutas nessa temporada apenas para ‘hei, vamos juntar essas pessoas e lutar.’ É tudo sobre conduzir a narrativa e a caracterização, o que é ótimo para um ator, não só por estar fazendo cenas de luta incríveis, mas também por estar contando a história ao mesmo tempo”, explica o intérprete de Danny Rand.

Punho de Ferro | Os segredos e easter eggs do trailer da 2ª temporada

A 2ª temporada de Punho de Ferro estreia na Netflix em 7 de setembro.