Fugitivos | 2ª temporada mostrará heróis sem-teto

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A 2ª temporada de Fugitivos já está em produção e promete mostrar a situação de heróis desabrigados. É isso que garantiu o presidente dos estúdios de TV da Marvel, Jeph Loeb.

Em entrevista ao ComicBook, o executivo promete que o tema não será tratado com fantasia, mas sim com o máximo de realidade possível.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Nós começamos minutos depois da 1ª temporada. A ideia é, onde eles vão agora? Todos nós temos essa ideia romântica de que em algum ponto fugir é tudo de bom, que não vamos precisar ouvir nossos pais, poderemos dormir tarde, comer o que quisermos, e depois no terceiro dia, você está na rua e está frio. Uma das coisas que os criadores Stephanie Savage e Josh Schwartz têm feito muito bem é ver a natureza de como é estar desabrigado, viver nas ruas, e como é o fato para essas crianças que até então viviam em mansões e podiam fazer uma ligação para conseguir o que quisessem”, declarou Jeph Loeb.

Dentro desse cenário, o executivo da Marvel promete que a série do Hulu trará cada um dos heróis lidando com a situação de maneira diferente.

Fugitivos | Futuro de Kip Pardue na série da Marvel é incerto após acusações de assédio sexual

“Alguém como Molly tem algumas vantagens como a sua habilidade de falar espanhol do que alguém como Chase, por exemplo, que viveu sempre em sua bolha milionária. Então será divertido ver como eles vão mudar nas ruas”, declarou o presidente da Marvel TV.

Fugitivos é baseada nas histórias em quadrinhos criadas em 2003 por Brian K. Vaughan. A trama acompanha seis adolescentes que descobrem que seus pais são todos membros de um grupo de supervilões chamado O Orgulho. Fugindo de casa após concluírem que não estão mais seguros, o grupo de adolescentes aos poucos se transforma em uma nova família.

Nico (Lyrica Okano) tem o controle do mágico Cajado do Absoluto; os olhos brilhantes de Molly (Allegra Acosta) são um sinal para sua super força; Chase (Gregg Sulkin) está vestindo as famosas Fistigonas, um tipo de manopla de energia; a pulseira brilhante de Karolina (Virginia Gardner) simboliza seu poder de transformar o corpo em energia luminosa; o poder de Gert (Ariela Barer) envolve controlar telepaticamente seu dinossauro geneticamente modificado Alfazema, cuja cauda faz uma aparição; e Alex (Rhenzy Feliz), o garoto prodígio, é o cérebro do grupo.

O segundo ano de Fugitivos, com 13 episódios, estreia no dia 21 de dezembro no Hulu.

A 1ª temporada de Fugitivos atualmente está disponível no Brasil no catálogo da Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio