Publicidade

Making a Murderer | Produtoras explicam qual foi o maior desafio que tiveram na 2ª temporada

Publicado por Pedro Vieira

20/10/2018 19:06

Uma parte importante do seriado documental Making a Murderer da Netflix diz respeito ao modo como o sistema jurídico dos Estados Unidos funciona. Esse sistema complexo foi um dos grandes empecilhos das produtoras da série, Laura Ricciardi e Moira Demos, no desenvolvimento da 2ª temporada. Entretanto, elas souberam trabalhar esse detalhe ao seu favor e explicaram como fizeram isso em entrevista ao Dazed.

“Foi um dos nossos maiores desafios. É crucial que nossos espectadores entendam a complexidade e os detalhes, mas também o mecanismo dos vários sistemas judiciais, pois, se você não entende, você não se interessa pelo drama” disse Demos. “Por sorte, temos alguns dos melhores advogados do ramo, que conseguem explicar o que estão fazendo e o porquê de tudo isso”.

Ricciardi ainda disse que entender as regras desse sistema é importante para compreender todo o processo em torno dos casos da série. “Entendemos que, para maximizar o engajamento dos espectadores, precisamos explicar as regras para que eles possam assistir às pessoas agindo dentro dessas regras”.

Making a Murderer | Diretora promete revelações importantes na Parte 2

A nova temporada é novamente comandada pelas criadoras do seriado, Laura Ricciardi e Moira Demos. As famílias dos condenados e os advogados que batalham pela liberdade da dupla devem participar ativamente da Parte 2. Ao todo, o novo ano conta com 10 episódios.

Na 1ª temporada do documental Making a Murderer, a série apresentou e explicou o caso de assassinato envolvendo os dois condenados e as evidências de que Avery e Dassey são, na verdade, inocentes condenados de maneira errada pela justiça norte-americana.

A Parte 2 de Making a Murderer já está disponível na Netflix.

Publicidade