Netflix e Globo podem fazer juntas a novela mais cara da história

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O site Na Telinha afirma que a Netflix e a Globo estão fechando uma parceria para realizar “a novela mais cara da história”. Apesar da produção ser brasileira, o desenvolvimento inicial deve acontecer nos Estados Unidos.

O plano apurado pelo site é de que a Netflix seria a distribuidora mundial da novela e a emissora transmitiria no Brasil pelo Globoplay em um primeiro momento. A ideia teria partido da divisão da plataforma nos EUA.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O projeto seria como um teste para Netflix, para ver se consegue mais lucros com esse tipo de produção. O Na Telinha até lembra que o primeiro passo para começar uma novela foi o desligamento de Maria Ângela de Jesus, que era diretora de dramaturgia da plataforma no Brasil e seria contra a produção de novelas.

Fontes comentaram ainda ao site que a primeira novela da Netflix no Brasil deve chegar em 2022. O que impressiona é o orçamento: de US$ 50 milhões (quase R$ 290 milhões na conversão atual).

Francisco Ramos, vice-presidente de conteúdo da Netflix na América Latina, estaria envolvido na produção com profissionais dos EUA. Isso deve levar uma diferença ao formato de novela que a plataforma pode oferecer – em comparação com as exibidas na TV aberta.

As negociações para a novela, de acordo com o site, aconteceriam entre o CEO da Netflix, Reed Hastings, e o diretor do Globoplay, Erick Brêtas. O serviço nacional entraria como o produtor da atração.

Se o acordo for fechado, a novela deve ser gravada pelo Globo, com elenco e autor escolhidos pela emissora.

Projeto ousado

O Na Telinha fez o levantamento e afirma que a novela da Netflix pode ter até 60 capítulos. Assim, o custo por episódio seria de R$ 4,8 milhões.

O valor por episódio supera o da própria Globo. Conforme o mesmo site, a emissora investiria em média R$ 800 mil pro capítulo em uma novela da faixa das 21h.

Um comparativo pode ser feito com o planejamento original de Amor de Mãe. Se a novela acabasse com os 155 capítulos planejados, o gasto da Globo, a partir dos números apresentados, poderia ser de R$ 124 milhões. Isso mostra como a Netflix pode investir forte nesse mercado.

Apesar do custo impressionante, essa não seria a maior produção da Netflix. A plataforma tem outras séries com valores maiores, como The Crown – em que a quarta temporada custou US$ 125 milhões (ou mais de R$ 700 milhões na cotação atual).

A Globo e a Netflix responderam ao site Na Telinha sobre o rumor. As empresas afirmam que a informação “não procede”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio