Lucifer pode ter grande mudança para fim na Netflix

Produtor comenta sobre o que fãs podem esperar para sexta e última temporada

Publicado em 13/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS

Lucifer pode ter uma mudança de gênero para sexta e última temporada na Netflix. O indicativo vem do produtor executivo Chris Rafferty.

Na temporada final, a série pode perder o formato tradicional de caso da semana. Isso se dá por mudanças nas jornadas dos personagens, como em Chloe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao LCL Reviews, o produtor comentou como lidar com isso. Assim, trouxe a ideia de que Lucifer pode ter a grande mudança na Netflix.

“Então você tem mais uma temporada e Chloe não é mais detetive. O que fazer com o caso da semana? Felizmente, você não pode tirar a detetive de Chloe. E não tivemos dificuldade em achar a linha da jornada para nossa história final. Fomos mais criativos do que nunca. Nossos ‘casos’ serão mais pessoais do que nunca, nos permitindo focar mais nos personagens”, explicou o produtor.

Além disso, Lucifer deve perder os elementos policiais. O foco deve ser total nas histórias dos personagens.

Lucifer vai se entender mais do que nunca, Chloe vai encarar o passado deles e a história de Dan não acabou. Você vai ver menos coisas de policiais e coisas mais selvagens – coisas que vocês nunca pensariam que podem estar na nossa série, que sou um grande fã”, completou o produtor.

A mudança na Netflix não seria apenas pelas restrições da covid-19. A série quer dar um fim “satisfatório” para os personagens.

Lucifer na Netflix

Na Netflix, Tom Ellis ainda tem algumas histórias antes de se despedir como Lucifer. O ator volta na segunda parte da quinta temporada e apenas depois no sexto e último ano da série.

Na quinta temporada, Lucifer apresenta um novo desafio. Como mostrado em prévias da Netflix, Michael (ou Miguel), arcanjo irmão gêmeo do protagonista, chega para tentar assumir o lugar dele.

Isso para os fãs significa ter Tom Ellis em dobro. O protagonista também fica com o papel do vilão Michael.

A série usou o figurino dos personagens e o sotaque para diferenciá-los, o que acaba sendo divertido para os fãs.

“Entediado com a vida nas trevas, o diabo se muda para Los Angeles, abre um piano-bar e empresta sua sabedoria a uma investigadora de assassinatos”, diz a sinopse da Netflix.

Lucifer está disponível na Netflix com cinco temporadas. O ano final ainda não tem previsão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio