Mais do que você gosta.

Publicidade

No Disney+

Por que Mulher-Hulk será diferente das outras séries do MCU

Série da Marvel promete trazer contexto diferente de outros heróis

Publicado por Redação

05/07/2022 14:31

A série Mulher-Hulk aparentemente será muito diferente de qualquer produção que já nos acostumamos a ver no MCU. A série foi descrita como uma “comédia de meia-hora” pelo executivo da Marvel Studios, Kevin Feige.

Ela irá se inspirar em arcos clássicos dos quadrinhos da Marvel e vai nos mostrar a personagem título (Tatiana Maslany) nos esforços para equilibrar sua vida como super-heroína e advogada.

Continua depois da publicidade

Em entrevista à Empire, ela disse que os fãs devem esperar ver algo novo:

“Ela realmente é o oposto das narrativas dos super-heróis. Ela traz essa negação que é até compreensível. E para mim, é como eu tivesse que rejeitar o máximo que pude sobre o que aconteceu, e é isso que causa toda a divertida tensão entre a Mulher-Hulk e sua identidade.”

Série irá abordar a sociedade dominada por homens na atualidade

De acordo com a atriz, grande parte da comédia vai girar em torno dela ser uma mulher alta e invencível, que ainda lida com o sexismo em uma indústria composta por homens em sua maioria.

“Ela está em uma carreira dominada por homens em uma hierarquia muito cruel. Quando ela está liderando essa empresa, é aí que temos personagens divertidos em que ela defende ou se opõe. É como essa ideologia absurda se torna um show a parte”, contou a atriz.

A série irá contar com participações de dois personagens do MCU, Wong e Abominável, trazendo alguma conexão com Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis. Há rumores de que a série ainda irá contar com aparições de Matt Murdock, o Demolidor, e Jessica Jones.

Mulher-Hulk estreia no Disney+ em 17 de agosto.

Sobre o autor

Publicidade