Mais do que você gosta.

Publicidade

Comparação

The Last Kingdom tem grande vantagem sobre Vikings

Série épica da Netflix faz um ótimo trabalho ao aprofundar as relações de seus personagens

Publicado por Alexandre Guglielmelli

21/03/2022 19:30

Uma das séries épicas mais populares da Netflix, The Last Kingdom é alvo de constantes comparações com Vikings, outra aclamada produção do gênero. Mas segundo o site Screen Rant, o sucesso da Netflix conta com uma grande vantagem sobre a saga de Ragnar Lothbrok: o bom humor e os momentos de comédia.

“Enquanto Alfredo, o Grande, defende seu reino de invasões nórdicas, Uhtred – um saxão criado por vikings – planeja reivindicar o que é seu por direito”, afirma a descrição oficial de The Last Kingdom na Netflix.

Baseada nos livros de Bernard Cornwell, The Last Kingdom lançou em 2022 sua quinta (e última) temporada, que ofereceu um final bastante satisfatório aos fãs.

Embora já tenha lançado seu desfecho oficial, a trama de The Last Kingdom vai continuar com o filme Seven Kings Must Die, que já está sendo gravado.

Humor é a vantagem de The Last Kingdom sobre Vikings

Embora o humor não seja exatamente necessário para a criação de uma série cativante, se estabelece como uma ótima ferramenta narrativa, particularmente na caracterização dos relacionamentos entre os personagens.

Tanto Vikings quanto The Last Kingdom contam com intensas cenas de violência e abordam temáticas bastante sérias. Entretanto, The Last Kingdom consegue “quebrar” essa seriedade com momentos divertidos.

A estratégia é bem sucedida por lembrar os fãs que, independentemente de quão pesada seja a situação dos personagens, pode existir uma luz no fim do túnel.

Vikings, por outro lado, se estabelece como “um fluxo contínuo de traições e momentos emocionalmente carregados”.

Não há nada de errado com esse método narrativo, mas segundo o site Screen Rant, ele pode dificultar a caracterização do estado emocional dos personagens.

A maneira que The Last Kingdom utiliza o humor também é muito importante para a condução da série.

O sucesso da Netflix não utiliza piadas clichês e momentos de “comédia pastelão”. Pelo contrário, a produção usa o bom humor para aprimorar os relacionamentos dos personagens.

Uhtred e seus amigos fazem comentários divertidos uns sobre os outros, como acontece em relações amigáveis da vida real.

As piadas ajudam a quebrar a seriedade da série, e oferecem uma dose maior de realismo nas conexões entre os personagens.

O humor não é um fator decisivo em uma série como The Last Kingdom, mas influencia a maneira como os espectadores enxergam a trama.

As produções do MCU, por exemplo, utilizam uma estratégia parecida para caracterizar seus personagens. Os filmes do DCEU, por outro lado, são considerados “deprimentes” por não contarem com cenas divertidas.

The Last Kingdom mostra que o humor, quando usado corretamente, pode elevar qualquer série. Sem as pequenas doses de humor, a produção ficaria triste e obscura demais”, afirma a análise do site Screen Rant.

Vikings poderia ter utilizado a mesma estratégia para atenuar a pressão sobre os personagens e os momentos trágicos da história.

Todas as temporadas de Vikings e The Last Kingdom estão disponíveis na Netflix.

Publicidade