Publicidade

Roman Polanski é acusado pela terceira vez de pedofilia

Publicado por Caio Coletti

15/08/2017 13:40

[ATUALIZADO 17:41]

O diretor Roman Polanski está enfrentando sua terceira acusação de pedofilia. A advogada Gloria Allred, que tem longo histórico em representar vítimas de abuso sexual, anunciou que uma nova vítima resolveu processar o diretor.

Embora a tenha identificado apenas pelo pseudônimo Robin M, a advogada contou que a nova acusadora foi abusada por Polanski aos 16 anos, no ano de 1973, bem antes dos dois casos anteriores denunciados.

Em 1977, o vencedor do Oscar por O Pianista se declarou culpado de abusar de Samantha Geimer, que na época tinha 13 anos de idade. Ele serviu apenas 42 dias de prisão, mas depois fugiu dos EUA a fim de evitar uma pena maior.

Segundo Polanski, o juiz Laurence Rittenbrand anulou o acordo que fez com que o diretor passasse pouco mais de um mês na cadeia e insistiu que ele fosse preso por 50 anos. Rittenbrand, que morreu em 1993, negou até o fim da vida que a pena pedida por ele fosse tão dura.

Em 2010, um segundo caso foi revelado em que a atriz Charlotte Lewis acusava Polanski e molestá-la aos 16 anos durante a década de 1980.

Publicidade