Escola de James Franco retira arte do ator de exposição após acusações de assédio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um mural que James Franco pintou para sua ex-escola de ensino médio, em Palo Alto (EUA), foi removido após as acusações de assédio sexual contra o ator. A informação é do The Hollywood Reporter.

A superintendente da escola, Karen Hendricks, falou ao THR sobre a decisão: “O distrito escolar apreciou a doação do Sr. Franco, mas o mural foi concebido como temporário desde o princípio”, contou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Além disso, a equipe do distrito recentemente considerou que seria no melhor interesse dos nossos estudantes retirar a arte do Sr. Franco do mural, devido a nossa missão educacional. Um novo mural deve ser pintado pelo grupo Latinos Unidos, que vai refletir a pluralidade de culturas do nosso distrito”, concluiu.

Franco está em cartaz nos cinemas brasileiros com Artista do Desastre, que lhe rendeu o Globo de Ouro de Melhor Ator – Comédia/Musical.

 

James Franco é apagado digitalmente de capa de revista com melhores de Hollywood

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio