Harvey Weinstein está sendo processado por ter feito empréstimo de US$ 45 milhões

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O produtor Harvey Weinstein, que recebeu diversas acusações de assédio sexual entre o final do ano passado e o começo de 2018 que o fizeram ser alvo de inúmeros processos, novamente está envolvido em um problema judicial.

Segundo o Deadline, o produtor agora esta sendo processado pela empresa AI International Holdings devido a um empréstimo que Weinstein teria feito no ano passado junto à companhia no valor de US$ 45 milhões.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não é a primeira vez que a AI International Holdings processa o produtor, pois o embate judicial havia começado no final de 2017. O caso está sendo tratado pela Suprema Corte de Nova York e estava paralisado devido às declarações de falência da The Weinstein Company no início de março.

Entretanto, agora a AI International quer que o caso seja julgado de forma separada à produtora de Weinstein, para que o caso possa avançar na Suprema Corte. Um juiz ainda deve decidir se vai ou não atender ao pedido da AI International.

Harvey Weinstein está sendo investigado por 11º caso de assédio na Inglaterra

Recentemente, a atriz Ashley Judd, uma das mulheres a acusar o produtor de assédio sexual, descobriu que não poderá processar Weinstein pela agressão sexual (entenda).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio