Publicidade

Doutor Estranho | “Se uma atriz asiática fosse a Anciã, a controvérsia seria maior”, diz diretor

Publicado por Redação

27/10/2016 11:46

O diretor de Doutor Estranho, Scott Derrickson, comentou em entrevista ao Digital Spy sobre a polêmica da escalação de Tilda Swinton em um papel que era originalmente asiático (e masculino) nos quadrinhos.

“Nunca me arrependi da decisão”, disse ele. “Eu acho que foi uma decisão necessária e eu acho que, não importa qual fosse a escolha, seria uma uma decisão controversa.”

“Se eu tivesse dado o papel de Tilda para uma atriz asiática, acho que seria um estereótipo muito mais controverso, do qual as pessoas estariam atacando. Então eu acho que fiz as melhores decisões que poderia”, comentou.

Diretor fala sobre introdução dos Illuminati e sequência do filme

Apesar de se manter firme sobre a escalação do elenco, Derrickson admite que entende as críticas, e que a indústria cinematográfica ainda tem um enorme problema de diversidade.

“Não culpo as críticas, porque a representação de asiáticos em Hollywood, e americanos asiáticos em particular, é abismal.”

Doutor Estranho será o começo do multiverso Marvel, confirma diretor
Doutor Estranho usa muito seus poderes no novo trailer; confira!
Novo vídeo detalha personagens do filme

Tilda Swinton, Chiwetel Ejiofor, Mads Mikkelsen, Michael Stuhlbarg, Scott Adkins, Amy Landecker, Benedict Wong e Benjamin Bratt completam o elenco. A direção é de Scott Derrickson (A Entidade, O Exorcismo de Emily Rose).

O filme estreia dia 3 de novembro no Brasil.

Publicidade