Miley Cyrus conversou com a Variety sobre sua carreira e seu trabalho como ativista da causa LGBT e do empoderamento feminino. No caminho de uma das respostas, a atriz e cantora acabou criticando Supergirl, série da DC/CW.

“Tem uma série chamada Supergirl, e eu vi um outdoor dela outro dia. Primeiro, ela é uma mulher, não uma garotinha [em inglês, ‘girl’ geralmente tem conotação de criança do sexo feminino]. Segundo, e se você é um garotinho que quer ser uma garota e isso lhe faz se sentir mal? Eu não acho acho que um título como Supergirl é tão empoderador quanto as pessoas parecem achar”, comentou.

“Ter uma obra de arte com um gênero ligado irrevogavelmente a ela é um pouco estranho”, disse ainda.


Confira nosso review da estreia
Supergirl terá inveja da popularidade do Superman na série
Vídeo do set mostra luta de Superman com Metallo

Em seu retorno à TV americana, Supergirl está em uma nova emissora – da CBS, passará a ser exibida pela The CW, casa de outras séries de super-heróis, como Arrow, The Flash e Legends of Tomorrow. As quatro séries farão um grande crossover, que já tem até vilão definido.

Supergirl retornou dia 10 de outubro nos EUA. No Brasil é série é exibida pelo canal pago Warner.