Através de uma declaração oficial (via EW), o ator Jeffrey Tambor rebateu a decisão da Amazon de demiti-lo da série Transparent por conta de acusações de assédio sexual e abuso.

“Eu estou profundamente desapontado com a forma como a Amazon lidou com essas falsas acusações contra mim. Estou ainda mais desapontado com Jill Soloway [criadora da série], que me caracterizou injustamente como alguém que seria capaz de machucar meus colegas de elenco”, escreve Tambor.

“Em nossos quatro anos trabalhando juntos nessa incrível série de TV, essas acusações nunca foram reveladas ou discutidas diretamente comigo ou com a Amazon. Portanto, eu só posso concluir que essa investigação contra mim foi profundamente falha e preconceituosa, graças à atmosfera tóxica e politizada que afetou nosso set”, diz ainda.


“Como tenho afirmado constantemente, eu me arrependo profundamente se alguma das minhas ações foram mal interpretadas por alguém, e continuarei me defendendo veementemente. Eu também profundamente me arrependo que essa série fundamental, que mudou a vida de tanta gente, agora corre risco. Isso, para mim, é o que realmente é de quebrar o coração”, finaliza.

Transparent agora seguirá para sua 5ª temporada sem Tambor, que fazia a personagem principal, uma mulher transgênero chamada Maura.

Transparent | Roteirista aplaude coragem de mulheres que acusaram Jeffrey Tambor