Mais do que você gosta.

Publicidade

Críticas

As coisas que odiamos na 3ª temporada de The Umbrella Academy

Conheça os elementos que desagradaram os assinantes da Netflix nos novos episódios

Publicado por Alexandre Guglielmelli

28/06/2022 20:30

Para muitos fãs, a 3ª temporada de The Umbrella Academy é a melhor até agora. Afinal, os novos episódios abordam a transição de Viktor e trazem a aguardada introdução da Academia Sparrow. Mas isso não significa que ela é perfeita! Pelo menos 3 elementos do terceiro ano desagradaram o público da Netflix.

“Com a morte do pai, irmãos com poderes extraordinários se reencontram e descobrem surpreendentes segredos de família – além de uma ameaça iminente à humanidade”, afirma a sinopse oficial de The Umbrella Academy.

Continua depois da publicidade

Desenvolvida para a Netflix por Steve Blackman, The Umbrella Academy é baseada nas HQs de Gerard Way e Gabriel Bá.

Revelamos abaixo os elementos da 3ª temporada de The Umbrella Academy que deixaram os fãs revoltados, de acordo com o site Gizmodo, confira.

A introdução de Stanley

Junto com os integrantes da Academia Sparrow, a Netflix introduz novos personagens na 3ª temporada de The Umbrella Academy.

Um deles é Stanley, interpretado por Javon Walton. Você, provavelmente, conhece o ator mirim por sua performance como Ashtray na série Euphoria, da HBO.

Em The Umbrella Academy, Stanley é um pré-adolescente sarcástico e faminto. Lila insiste que ele é filho de Diego, o personagem de David Castañeda.

Embora a performance de Javon Walton seja sólida e intrigante, Stanley serve apenas como uma ferramenta de enredo.

Assim que o personagem cumpre sua função, é sumariamente eliminado da trama. Essa estratégia narrativa desagradou muitos fãs de The Umbrella Academy.

O fanatismo religioso de Grace

Em The Umbrella Academy, Jordan Claire Robbins interpreta Grace, a “Mãe” dos irmãos Hargreeves. Na verdade, a personagem é um robô.

Na nova linha do tempo, Grace sente uma grande conexão espiritual como o “Kugelblitz” que se manifesta no porão da Academia Sparrow.

A série não se preocupa em explicar por que Grace adota um buraco negro como objeto de adoração.

Para muitos fãs, The Umbrella Academy desperdiçou o potencial de Grace. Devido à enorme quantidade de personagens, a androide acabou jogada para escanteio.

A história repetitiva de The Umbrella Academy

Após 3 temporadas, The Umbrella Academy deixa claro que sua principal temática é o fim do mundo.

O tema é bastante promissor. Afinal, em todos os episódios, os personagens correm contra o tempo, em uma jornada na qual as consequências – tanto da vitória quanto da derrota – são inimagináveis.

Porém, o lançamento da 3ª temporada trouxe um caráter um tanto quanto repetitivo para a trama da série. Os próprios personagens dizem que estão “cansados” do apocalipse.

Caso The Umbrella Academy seja renovada para um quarto ano – como é o desejo do showrunner Steve Blackman – a série terá que investir em uma estratégia diferente para manter o interesse dos fãs.

Enquanto isso, as 3 temporadas de The Umbrella Academy continuam disponíveis no catálogo brasileiro da Netflix.

Sobre o autor

Alexandre Guglielmelli

Alexandre Guglielmelli

Formado pela PUC Minas, sou especialista em filmes de terror, reality shows e cultura pop. Nas horas vagas, gosto de escrever e oferecer indicações de filmes e séries para os amigos.

Publicidade