Mais do que você gosta.

Publicidade

Bem diferente

Autora de Bridgerton reage a mudanças na série da Netflix

Acontecimento importante da segunda temporada não está nos livros

Publicado por Guilherme Coral

03/05/2022 10:36

Alerta de spoilers

Uma das maiores mudanças de Bridgerton em relação aos livros originais de Julia Quinn ocorre na segunda temporada. Anthony pede Edwina em casamento, mas isso não ocorre no romance original. A autora disse o que pensa sobre isso.

Quinn conversou com o Insider e mostrou ser bastante compreensível com essas adaptações. De fato, ela elogiou o que foi feito na série.

‎”Eu sabia que eles iriam realmente chegar até uma cena de casamento antes de ver os roteiros”, disse a autora. “Eu pensei, ‘Oh meu Deus. Vamos ver o que eles vão fazer”.

‎Mas ao ver de Quinn, essa mudança “permitiu que eles construíssem melhor Edwina”, portanto ela aprovou as decisões criativas da série.

Mais sobre Bridgerton na Netflix

A produção acompanha a história da Família Bridgerton, um clã de aristocratas vivendo em Londres durante o período da Regência, no início do século XIX. Mesmo durando poucas décadas, a Regência é conhecida como uma época de grandes avanços e tendências diferenciadas nas belas-artes, arquitetura, moda e etiqueta.

A primeira temporada de Bridgerton foca principalmente na primogênita dos Bridgerton: Daphne. A jovem procura pelo amor verdadeiro e um casamento à altura após ser apresentada à sociedade em 1813 pela Rainha Charlotte.

Enquanto lida com as expectativas da elite, Daphne é obrigada a lidar com os escandalosos boatos divulgados pela Lady Whistledown, a misteriosa autora de um “boletim de fofocas” publicado semanalmente. Na segunda temporada, o foco passa para Anthony. Até por conta disso, Daphne terá uma presença menor.

A segunda temporada de Bridgerton já está disponível na Netflix.

Publicidade