Mais do que você gosta.

Publicidade

Netflix

Criadores de La Casa de Papel: Coreia explicam como série é diferente da original

"Criadores de conteúdo coreanos têm ideias inteligentes", afirma ator

Publicado por Karol M.

25/06/2022 11:45

Durante a coletiva de imprensa para o lançamento de La Casa de Papel: Coreia, os criadores da versão coreana do sucesso espanhol da Netflix revelaram o que torna a nova série diferente da origem.

Kim Hong-sun, diretor, diz que o charme da série está em seus personagens: “O que é incrível é que todos os personagens têm suas próprias personalidades, e foi divertido assistir a todos eles. Pensei que se traduzíssemos o cenário e os personagens para o coreano, poderíamos dar à luz algo novo. E foi assim que começamos”.

Continua depois da publicidade

O ator Yoo Ji-tae, que interpreta o Professor, disse que o elenco se sentiu pressionado devido ao grande sucesso da série original, mas que confia nos contadores de histórias coreanos: “O conteúdo coreano é amado em todo o mundo, e isso provavelmente ocorre porque os criadores de conteúdo coreanos têm ideias inteligentes e abordagem inteligente. Isso é feito nesta série também. Claro, tem os sentimentos coreanos e senso de humor”, disse.

Confira o trailer de La Casa de Papel: Coreia logo abaixo:

Mais sobre La Casa de Papel: Coreia

Já está disponível na Netflix a série La Casa de Papel: Coreia, remake coreano do sucesso espanhol da plataforma de streaming.

A nova série se passa em um futuro próximo no qual Coreia do Sul e Coreia do Norte estão finalmente se reunificando após 80 anos em tensão. Com uma moeda única instaurada, um grupo de ladrões vê a oportunidade de roubar a nova casa da moeda.

“Ladrões invadem a casa da moeda da Coreia unificada. Com reféns presos lá dentro, a polícia precisa detê-los, assim como a mente por trás do plano”, diz a sinopse oficial.

Clique aqui e conheça o elenco de La Casa de Papel: Coreia, incluindo astros de Round 6 e Lost.

Sobre o autor

Karol M.

Karol M.

Graduada em Letras: Português e Inglês, sou viciada em dramas coreanos, k-pop, animes, livros e Harry Potter, com espaço ainda para filmes de animação e romances clichês. Escrevo sobre tudo o que amo desde que me conheço por gente.

Publicidade