Mais do que você gosta.

Publicidade

Sem spoilers

O Poder e a Lei: Por que Netflix ignorou eventos do 1º livro

Drama jurídico da plataforma é baseado em famosa saga literária

Publicado por Alexandre Guglielmelli

16/05/2022 20:00

Muitos fãs não sabem, mas O Poder e a Lei – o novo drama jurídico da Netflix – é baseado na série de livros “The Lincoln Lawyer”, escrita por Michael Connelly. A 1ª temporada da produção aborda os eventos de “The Brass Verdict”, o segundo livro da saga de Mickey Haller. Mas afinal: por que a plataforma ignora os eventos do primeiro volume?

A trama de O Poder e a Lei é adaptada para a Netflix por David E. Kelley, showrunner conhecido por sucessos como Ally McBeal, Nove Desconhecidos e Big Little Lies, com Nicole Kidman.

Continua depois da publicidade

“Na pior após um acidente, o ambicioso advogado de Los Angeles Mickey Haller volta à ativa ao aceitar um caso de assassinato”, afirma a sinopse oficial de O Poder e a Lei.

O Observatório do Cinema apurou as informações e explicou por que O Poder e a Lei ignora os eventos do primeiro livro de Michael Connelly; confira.

o poder e a lei netflix

Por que os eventos de The Lincoln Lawyer são ignorados por O Poder e a Lei?

O fato da 1ª temporada de O Poder e a Lei ignorar The Lincoln Lawyer tem uma explicação muito simples: a trama do livro já foi adaptada anteriormente.

Escrito por Michael Connelly, o livro The Lincoln Lawyer virou filme em 2011. Protagonizado por Matthew McConaughey, o longa O Poder e a Lei ganhou o coração da crítica especializada, com 83% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Por isso, a Netflix optou por começar a história de O Poder e a Lei após os eventos do primeiro livro. Afinal de contas, a série não é uma sequência do filme de 2011.

Além disso, o caso retratado no primeiro livro dá grande importância a descrições viscerais de violência contra mulheres. Sendo assim, a exclusão dessa trama foi uma escolha muito fácil para os produtores da Netflix.

Para iniciar a trama de O Poder e a Lei, faz modificações importantes nos eventos de The Lincoln Lawyer.

No final do primeiro livro, o protagonista Mickey Haller leva um tiro e passa meses em reabilitação. A Netflix troca o ataque por uma lesão de surfe, que também reduz a mobilidade do personagem de Manuel Garcia-Rulfo.

Além disso, O Poder e a Lei inclui em sua trama outras referências ao livro original, publicado em 2005.

Essas referências incluem os casos de Sam Scales, Harold Casey e, de forma ainda mais importante, Jesus Menendez.

Após o final chocante da 1ª temporada, fãs querem saber: a Netflix dará o sinal verde para a produção de mais episódios de O Poder e a Lei?

Infelizmente, os espectadores ainda terão que esperar um bom tempo para saber a verdade.

Enquanto isso, a 1ª temporada de O Poder e a Lei continua disponível no catálogo brasileiro da Netflix.

Sobre o autor

Alexandre Guglielmelli

Alexandre Guglielmelli

Formado pela PUC Minas, sou especialista em filmes de terror, reality shows e cultura pop. Nas horas vagas, gosto de escrever e oferecer indicações de filmes e séries para os amigos.

Publicidade